ME ENCONTRE(I) EM ALGUM LUGAR DO MUNDO

Esse é um livro escrito pelo ex-comissário de bordo @manentelucas .Este livro é uma coletânea de crônicas vividas pelo autor durante a sua trajetória de dez anos na aviação.


Na primeira crônicas, é nos apresentada a Índia. Ao chegar lá, o Lucas relata que queria conhecer a cultura local por meio dos templos, mas foi levado pelos moradores a se aventurar na realidade do povo indiano de uma forma muito mais imersiva e realística. A escrita é muito sensorial e permite que o leitor realmente consiga visualizar as cenas e ativar os cinco sentidos. Além disso, ele traz uma sensibilidade e uma reflexão nas palavras que é de prender o fôlego. Essa primeira crônica, me fez pensar muito sobre a valorização das coisas mais simples, e que são essas, que nos trazem a verdadeira felicidade e aprendizado.

Nas crônicas seguintes conhecemos mais sobre outros lugares incríveis que ele conheceu, mas também como ele superou muitos medos e desafios para poder viver essas aventuras. Conhecemos como ele conheceu o amor e os obstáculos, e que precisou vencê-los para estar ao lado de quem se ama.

Uma das melhores coisas nessas crônicas é que o Lucas não romantizou a profissão de comissário de bordo , pelo contrário, ele mostra um relato muito coerente. Nos apresenta as renúncias, a distância da família, o cansaço físico e mental, as variações dos fusos horários e como fica muito fácil estar preso na rotina de voar, descansar e voar novamente. Além disso, nos emociona ao mostrar como a sua profissão, do dia para a noite, deixou de fazer parte da sua vida.

Particularmente, esse livro falou muito comigo. Há onze anos, eu vivia a minha profissão de professora, mas esse ano eu passei por uma transição de carreira. Deixei a educação pelo jornalismo/mercado editorial.

O Lucas retratou muito bem o que é uma transição de carreira, não é fácil, exige coragem e muitos desafios. Muitos passaram e outros ainda vão passar por isso, mas dizem que o equilíbrio da vida é se manter em movimento.