A culpa é das estrelas


John Green nos envolve novamente em um romance repleto de superação, reviravoltas e com um desfecho surpreendente. Hazel é uma paciente terminal de câncer que logo encontra Augustus Walter em um grupo de apoio para pacientes com câncer.

Juntos, tentam driblar a doença e viver intensamente aproveitando para descobrir novas sensações e realizando sonhos.

O que mais me tocou nessa incrível história, é a maneira como Green aborda um tema "Tabu" e temido por muitos. De uma forma, leve mas ao mesmo tempo crítica e jovial retrata a vida de dois jovens que compartilham o mesmo problema de saúde.

Retratando o lado não apenas dos protagonistas, mas também mostrando de uma forma realista a visão dos pais, amigos e pessoas que convivem com os jovens, é impossível o leitor não "mergulhar" nessa história.

O livro é maravilhoso, com um enredo envolvente e divertido. Uma lição de vida e uma quebra total de paradigmas!